Terrestre, aéreo ou marítimo: Qual o melhor meio de transporte para importação de produtos?

receita-federal
Receita Federal deverá se tornar mais rigorosa na fiscalização aduaneira
25 de julho de 2016
Programa de Cooperação Técnica (PROCOT)
16 de agosto de 2016
Exibir tudo

Terrestre, aéreo ou marítimo: Qual o melhor meio de transporte para importação de produtos?

meio-importar

meio-importar

A logística é uma questão fundamental em qualquer empresa e por isso mesmo ela deve ser bem organizada, principalmente num processo de importação ou exportação de produtos. A preocupação não é só como a carga vai chegar a um determinado local, mas também com todo o processo de transporte que aconteceu desde sua origem ao seu destino final.
Podemos considerar que hoje existem três meios importantes de transporte, sendo eles terrestre, aéreo ou marítimo. Obviamente que suas diferenças não se restringem apenas no modo como o produto é enviado para cá, pois valores e taxas também são diferentes e os serviços de logística variam de acordo com o investimento que sua empresa pode fazer. Você não precisa ser um especialista na área, mas precisa sim ter um conhecimento básico sobre o assunto.

Meio de transporte terrestre
Neste tipo, podemos considerar as cargas que são transportadas por meio de caminhões e trens. O transporte rodoviário é viável para empresas que não possuem uma carga valiosa, mas sim um carregamento de matéria-prima, por exemplo, o que tem valor só para as empresas. Na hora de decidir por este meio, é preciso levar em conta também o destino final.
Muitos produtos chegam ao Brasil pelos principais portos e aeroportos e seguem rumo ao seu destino, porém a caminhada pode ser longa e nem sempre as rodovias estão preparadas, principalmente se o produto for entregue em regiões mais afastadas. Além da estrutura, é preciso ainda verificar a segurança dessa rota que será feita pelo caminhão.
Ao contrário do sistema rodoviário, que está disponível em boa parte do país, os produtos que chegam ao Brasil por meio do trem conseguem apenas circular em grande escala nas linhas férreas que cortam a região sul e sudeste, sendo ótima opção para produtos importados de países vizinhos, como a Argentina. Do mais, o trem também pode ser usado para receber a carga no porto ou aeroporto e ser um veículo para o destino final.

Meio de transporte aéreo
Num mundo cada vez mais globalizado, os aviões são ainda a grande ferramenta para quem quer importar de forma rápida e mais segura. Esta opção é bastante considerada como facilitadora do comércio internacional, afinal o avião é bem rápido, agiliza o processo de entrega e aumenta a circulação de mercadorias.
Produtos de alto valor, com urgência na entrega ou até mesmo os pequenos objetos são os mais indicados para este sistema de importação. Ao contrário do que se imagina, os custos via transporte aéreo não são tão caros como antes e estão bem mais acessíveis.

Meio de transporte marítimo
Apesar da facilidade que o avião traz para os negócios internacionais, o transporte hidroviário, mais conhecido como marítimo, tem sua eficácia bem superior aos outros meios. Apesar do tempo de navegação, o cargueiro pode atravessar o oceano de um lado para outro sem muitos problemas. Este meio de transporte chega em regiões que nem sequer possuem estrutura para receber aviões ou mesmo um transporte terrestre.
O produto que você está importando também define qual o melhor tipo de transporte que ele pode chegar de forma mais segura, sem colocar em risco a qualidade e a integridade daquilo que se está importando.
Vale lembrar que além da parte de logística, o meio de transporte da carga, é preciso reforçar que existe a parte burocrática que envolve a alfândega. O governo cobra uma taxa de produtos que são exportados e importados.
A alfândega é um órgão que existe em todos os países e estão em pontos importantes de chegada e saída de produtos, como portos, aeroportos e até fronteiras. Eles são os responsáveis por fazerem os registros, controles e até as cobranças das taxas em relação as mercadorias que chegam por diferentes vias.
Os principais tributos cobrados hoje no brasil são o II (Imposto de Importação), O IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).
Normalmente o setor de logística é quem também acaba orientando a empresa sobre esses procedimentos burocráticos que são feitos em todos os cantos do mundo. Além disso, grandes empresas de importação e exportação firmam parcerias para um roteiro completo de cargas, trazendo o produto de países mais distantes, via transporte aéreo ou marítimo, e fazendo a rota de entrega via terrestre.
Apesar de toda a sistematização da logística nos séculos passados, a tecnologia tem permitido cada vez mais o aprimoramento deste setor tão importante para e economia mundial. Hoje, as empresas podem escolher o melhor meio de transporte, encontram algumas facilidades que até então não estavam disponíveis e podem ainda acompanhar todo o processo de transporte de forma simples e tranquila, por meio de rastreamento, como qualquer consumidor pode fazer ao comprar um produto e esperar pela entrega.

 

Precisando de ajuda para importar? Entre em contato conosco: contato@condorinternacional.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whatsapp
Olá, como posso ajudar?